fundo parallax

Se bem manejado, o búfalo é um animal extremamente dócil

21 de novembro de 2016
ascribu leite de búfala
O rendimento do leite de búfala
3 de maio de 2014
Curso intensivo de manejo de búfalo realizado pela Ascribu RS
Ascribu promove curso intensivo de manejo de búfalos
21 de fevereiro de 2017

A o contrário do que muitos pensam, o búfalo tem uma facilidade imensa de ser dócil e domesticado. E, para isso, os proprietários de terras devem adotar algumas práticas simples. Abaixo, listamos algumas medidas que facilitam na criação dos bubalinos. Vale lembrar que a brabeza ou a docilidade do búfalo decorrem diretamente de quem o possui.

  • É indispensável conduzi-lo, uma vez por semana, pelo menos, à mangueira, sem assustá-lo, sem gritos e sem a utilização de cães;
  • O búfalo precisa da presença do homem. Abandoná-lo no fundo das invernadas é contrariar a sua índole e isto pode transformá-lo em um animal arisco e agressivo;
  • Adequadamente manejado, nenhum outro animal de grande porte supera a mansidão do búfalo para a ordenha, monta ou tração, deixando-se conduzir e montar até por crianças. Este animal é o único que se deixa montar sem ser domado;
  • A primeira idade é a ideal para se disciplinar o animal, conforme o manejo que se deseja;
  • Deve-se aproveitar a desmama para costear os animais jovens na mangueira;
  • É muito sensível ao choque elétrico, fazendo com que estes animais sejam respeitadores do limite da cerca;
  • Apartados das mães, passam-se, algumas vezes, os terneiros livremente pelo brete a fim de acostumá-los;
  • Uma última questão importante é que o búfalo reconhece as pessoas com que lidam com ele, despertando confiança do animal pelos tratadores.